Semana da Enfermagem do Hospital São José discute Modelo Assistencial de Enfermagem

Workshop, dinâmicas, sessão de cinema e outras atrações fizeram parte da Semana da Enfermagem do Hospital São José, promovida entre os dias 22 e 25 de maio. Com o tema “O Modelo Assistencial de Enfermagem nas dimensões do cuidar”, a atividade envolveu equipes assistenciais, de Higienização, Gestão de Pessoas, SND e outros setores administrativos.

Abrindo o encontro, o momento de espiritualidade realizado pela Irmã Laura Benincá focou a necessidade de ter coragem para enfrentar os desafios do dia a dia. Além disso, uma homenagem aos Técnicos de Enfermagem Maurício Furtado Pinheiro e Lúcia Maria da Costa Amaral, falecidos em 2018, lembrou a importância do carinho no cuidado ao próximo.

Irmã Laura Benincá promoveu momento de espiritualidade

“Proponho que hoje façamos uma renovação de votos com a enfermagem. Precisamos cada vez mais aliar a técnica ao cuidado com amor e compaixão, acolhendo nossos pacientes que são muito amados por alguém, que espera que esse paciente se recupere conosco. O Modelo Assistencial de Enfermagem (MAE) busca o cuidado com a tríade paciente, familiar e colaborador e é nesse tema que iremos nos focar” –  Paulo Bastides, Gerente de Enfermagem.

Os participantes foram convidados a fazer novamente o juramento da enfermagem, de modo a refletir se o estão cumprindo. Na sequência, o workshop e a dinâmica sobre o MAE trouxeram a discussão sobre o propósito dos profissionais de enfermagem em suas funções, relacionando-o ao modelo assistencial. Por meio de peça teatral, que fez uma conexão com a que foi promovida na Semana da Enfermagem 2017, os profissionais puderam avaliar a transformação do método de cuidado da enfermagem, que se torna cada vez mais humanizado.

Peça teatral falou sobre evolução no cuidado com o paciente

Além dessas atividades, foram apresentados os indicadores do “Caminho do Paciente”, por meio de gráficos que mostravam o tempo para atendimento no Pronto Atendimento; percentual de infecções nas UTIs; retorno não planejado ao Centro Cirúrgico e o Protocolo de Sepse. Com velas acesas pela lâmpada da enfermagem, levada ao local pela colaboradora mais antiga e por outra representando os profissionais mais recentes, todos os profissionais fizeram um novo juramento focado no MAE .

“Fizemos esse evento com muito carinho e queremos abordar os assuntos de maneira dinâmica para mostrar a transformação pela qual estamos passando. Precisamos do apoio de todos, pois somos uma engrenagem, todos participam desse processo.” – Renato Rabe, Coordenador de Enfermagem.

Diversas surpresas marcaram o encontro. Participantes receberam vasos de suculentas e as “pílulas do amor”, para reforçar a necessidade de cuidar bem do próximo. As Irmãs também foram homenageadas pela organização do evento por conta da presença e apoio constantes. Um coral formado por lideranças convidou a todos para cantar uma paródia da música “Oh Happy Day”, ligada ao MAE. O modelo também foi usado para paródia do samba “Explode Coração”, que animou a todos os presentes.

Samba enredo também abordou modelo

“Precisamos da nossa mudança de hábito com foco no propósito da Enfermagem: cuidar com amor. Amor de doação, do toque, do olhar, da sensibilidade em ver e entender a necessidade do outro. Não existe receita, cada um precisa de um cuidado específico, mesmo que o seu problema seja o mesmo”. – Renata Gomes, coordenadora de enfermagem.

Ainda na Semana, o Cine Pipoca exibiu o filme “Um Golpe do Destino”, que estimulou a reflexão sobre a empatia com os pacientes, e o colaborador Rafael Ribeiro, já conhecido no HSJ por suas rimas, apresentou um de seus trabalhos, no qual narra a importância de todas as equipes para o funcionamento do hospital.

Equipes cantaram juntas paródia sobre o MAE

Integração das equipes marcou evento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *