Hospital São José realiza desejos de pacientes durante campanha “O que importa para você?”

Assistir à missa, comemorar o aniversário ou ouvir uma música. Essas são algumas das coisas que podem ser feitas no dia a dia, mas que talvez não sejam tão acessíveis para quem está internado em um hospital. Porém, no HSJ – Hospital São José, graças à campanha “O que importa para você?”, os pacientes tiveram desejos como esses atendidos, entre os dias 22 de maio e 8 de junho, proporcionando momentos de alegria e de muita emoção a todos os envolvidos.

A campanha é realizada desde 2016 pela ACSC – Associação Congregação de Santa Catarina, da qual o Hospital São José faz parte, e integra o movimento internacional “What matters to you?” (O que importa para você?), realizada pela organização Healthcare Improvement Scotland. A iniciativa envolveu profissionais de enfermagem e do corpo administrativo do HSJ, que tiveram como desafio atender ao que importa para 54 pacientes.

Parte dos colaboradores envolvidos na iniciativa

Muitas histórias foram registradas durante esses dias, como a da paciente Maria da Conceição Furtado Canto que, depois de um tempo internada, sentiu vontade de comer brevidade e de assistir à missa. Com dedicação intensa, membros da equipe de enfermagem viabilizaram os pedidos. “Me senti bem e feliz. Tudo que é feito com carinho e com Deus no coração é muito bom!”, disse. Assim como Maria da Conceição, outros pacientes do HSJ foram homenageados com músicas ao som dos cantores teresopolitanos Wenderson Rosa e Hugo Rocha, que visitaram os quartos tocando canções de repertório variado.

Maria da Conceição recebeu uma benção especial do padre durante a missa

“O senhor Jalcir Matos Soares me respondeu, emocionado, que o que importava para ele era uma oração. Na mesma hora me prontifiquei em realizar o desejo dele junto à esposa. Fiquei muito emocionada e disse a ele que Deus sempre nos manda um anjo na hora certa. Ele não sabia que o anjo era ele mesmo, pois faleceu no mesmo dia.” – Rachel Domard, enfermeira

Arlei Nunes completou mais um ano de vida internado no Hospital São José. Mas, a data ‘não passou em branco’, pois foi surpreendido com uma comemoração junto aos seus familiares, contando, inclusive, com transmissão ao vivo via Skype para a filha, que mora em Abu Dhabi. “Ornamentamos a festa com bolas, painel temático e mesa. Ele ficou muito emocionado quando viu isso tudo, pois não imaginava que tamanha surpresa pudesse ser realizada dentro do ambiente hospitalar”, declararam as enfermeiras Luciana Leal e Mônica Vieira.

Arlei Nunes ganhou uma festa surpresa

Além dos pacientes, a experiência foi muito marcante para os profissionais do Hospital São José. “Me senti muito feliz e satisfeita em participar dessa ação. Tudo isso nos faz relembrar nossa verdadeira missão aqui no Hospital: trabalhar em prol do paciente”, declarou Amanda Esteves, coordenadora comercial, que viabilizou, junto à equipe de enfermagem, comemoração de aniversário para José Maria Marchon. Quem também ficou marcado foi Robson Pereira Marchon, filho de José Maria, que estava presente quando o pai foi surpreendido pela ação. “Obrigado pelo carinho de vocês. Foi demais!”, elogiou.

“Tive o desejo de tocar violão durante tratamento de quimioterapia. Fiquei emocionado quando trouxeram o instrumento para mim. Foi bom demais!” José Rodrigues dos Santos, paciente do Ambulatório de Oncologia

José Rodrigues pode tocar violão durante a quimioterapia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *