Arquivos mensais: março 2018

Ambulatório de Oncologia do Hospital São José prestigia pacientes no Dia Internacional da Mulher

Para celebrar o Dia Internacional da Mulher (8/3) o Ambulatório de Oncologia do HSJ – Hospital São José, RJ, recebeu suas pacientes com um café da manhã especial, realizado com o apoio do Comary Solidário e voluntários. “As mulheres devem ser homenageadas todos os dias. Nosso intuito é proporcionar a elas um momento de alegria, de paz e de tranquilidade e mostrar o quanto são valorizadas por todos nós da equipe da Oncologia do HSJ”, comentou Alexandra Gallindo, Supervisora de Enfermagem da unidade. “Esse é um momento especial para nós. Sabemos que qualquer carinho que possamos proporcionar é válido. É uma honra fazer parte disso”, completou Simone Guarilha, Diretora do Comary Solidário.


Pacientes, voluntários e profissionais do HSJ reuniram-se na ocasião

Além do café da manhã, o dia foi repleto de outras surpresas. Durante a sessão de quimioterapia, o cantor teresopolitano Aloísio Bruno realizou apresentação musical para as pacientes, que também receberam um vaso da planta suculenta e um cartão. “O Hospital São José sempre me surpreende. O carinho diário que recebi desde a primeira ligação para o hospital até a quimioterapia faz com que meu tratamento seja muito mais tranquilo. Achei muito linda a atividade”, elogiou a paciente Rachel Hoelz Emmerick.

Pacientes também receberam vaso de suculentas e cartão

 

Equipe do SND prestigia acompanhantes com canções religiosas na hora do almoço

A equipe do Serviço de Nutrição e Dietética (SND) do HSJ – Hospital São José, RJ, tem presenteado os acompanhantes de pacientes provenientes do Sistema Único de Saúde (SUS) com canções religiosas, durante o período de almoço desse público. Assim que chegam ao refeitório, os acompanhantes são recebidos por Auxiliares de Nutrição, de Copa, Nutricionistas e Cozinheiros que se organizam diariamente para a iniciativa.

Equipe recebe acompanhantes do SUS diariamente com canções religiosas

Tudo começou quando três profissionais cantavam enquanto serviam a comida aos acompanhantes. “Estávamos cantando e percebemos que algumas pessoas nos acompanharam, até mesmo emocionadas”, contou Camila Pires Almeida, Auxiliar de Nutrição. “No plantão seguinte os acompanhantes ‘cobraram’: queriam que cantássemos novamente. Depois de autorizadas, nos mobilizamos e passamos a nos reunir no início da refeição para prestigiá-los”, completou Viviane Soares, Auxiliar de Copa.

Com o tempo, o grupo foi crescendo. “Alguns colegas têm vergonha, outros estão se soltando e se unindo a gente. Eu entrei depois para dar um suporte. Essa atividade é boa para os acompanhantes, que às vezes precisam ‘se sentir em casa’ e ter o coração acalmado, e também para a gente, que às vezes está passando por um problema e precisa se fortalecer”, comentou Patrick de Oliveira, Auxiliar de Nutrição.

Equipe do SND responsável pela iniciativa

Sandra Regina Lima de Souza está acompanhando o marido, internado no HSJ há cerca de um mês, e se emocionou com a apresentação realizada dia 1/3. “Esse louvor toca meu coração. Estive enferma e agora o meu marido e, por isso, estamos um pouco afastados da igreja. Esse tipo de iniciativa é uma forma de nos aproximarmos de Deus, é muito importante, muito lindo”, elogiou.

Projeto da Ouvidoria do Hospital São José fortalece mensuração de satisfação de clientes

O serviço de Ouvidoria do HSJ – Hospital São José, RJ, é a ponte entre pacientes e demais clientes e a Instituição, responsável por ouvi-los e colher elogios e reclamações. Buscando aprimorar ainda mais a mensuração da satisfação desse público, a equipe realiza a Busca Ativa, que há um ano vem trazendo bons resultados.

“Por meio da Busca Ativa vamos até nossos clientes para realizarmos pesquisas. Nas recepções questionamos itens como a satisfação no atendimento e nos quartos perguntamos aos pacientes e acompanhantes sobre o relacionamento com médicos e equipes de enfermagem, limpeza e alimentação, por exemplo”, explicou Ingridy Lopes, Supervisora da Ouvidoria.

Busca Ativa é realizada nas recepções e nos quartos de internação

As vantagens da iniciativa são muitas. “Realizar a pesquisa de maneira pró-ativa nos ajuda a identificar mais pontos de melhoria e antecipar a resolução de situações. Às vezes podemos ter um paciente internado que possui uma insatisfação, mas que ainda não teve oportunidade de relatá-la. Indo até ele resolvemos com mais agilidade e, com isso, aumentamos a sua satisfação. É comum percebermos que eles ficam mais satisfeitos quando demonstramos interesse em perguntá-los e até comentam que nunca viram esse tipo de atuação em outras instituições”, completou Ingridy.

Dados os bons resultados com a Busca Ativa, a equipe ampliou a meta mensal de 931 pesquisas/mês (2017) pra 1146 pesquisas/mês, nesse ano. “Estamos muito satisfeitos com esse projeto. A Ouvidoria é a voz do cliente. Então, o que pudermos fazer para colher mais informações com eles é benéfico. Com isso, geramos retorno positivo para a imagem do Hospital São José”, disse a supervisora.

Equipe da Ouvidoria da esquerda para a direita: Carla Ingride dos Santos, Auxiliar de Suporte Administrativo, e Ingridy Lopes, supervisora