Postagens de Thamirys Carvalho

HSJ celebra Páscoa com ações internas

Entrega de chocolates, café da manhã temático e orações em formas de cânticos. Estas foram as ações realizadas, nesta semana, no Hospital São José, em comemoração à Páscoa. Os doces foram distribuídos aos colaboradores pela Gestão de Pessoas, a Assistência ofertou às lideranças um delicioso café da manhã, já a Pastoral trouxe à unidade o grupo Anjos da Costura, que entoou cânticos em todos os setores do HSJ e distribuiu bombons às equipes como forma de agradecimento pelo trabalho.

Equipe da Pastoral e grupo Anjos da Costura

Uma mesa farta e que falava por si – o pão e o vinho, o corpo e o sangue. Assim foi o café da manhã, preparado pela Assistência, para a liderança da Casa e equipe multidisciplinar – o sentido do MAE, amor e ciência.  A irmã Ana Maria iniciou o encontro fazendo reflexões sobre o verdadeiro sentido da Páscoa. Em seguida, a enfermeira Sydineia Branco complementou falando sobre o evangelho. Emocionado com o momento, o Gerente de Enfermagem, Paulo Sergio Bastides, afirmou: “Somos um corpo e cada um aqui representa uma parte, um sistema, as células e, ao nos unirmos somos únicos”.

Para complementar a série de ações, o grupo de costureiras voluntárias da cidade, Anjos da Costura, em conjunto com a Pastoral, percorreu o hospital levando palavras de conforto, oração e entoando músicas cristãs. E, distribuiu chocolates aos profissionais do HSJ – arrecadados em parceria com a população da cidade – em agradecimento aos serviços prestados.

Mesa do café da manhã especial para as lideranças

Para o Diretor Executivo, Sidnei Rugeri, estas ações são ótimas oportunidades para incentivar um momento de reflexão entre os colaboradores e oferecer dias diferentes dos vividos em pandemia.  “Acho que podemos fazer a diferença. Estas iniciativas visam o bem-estar de todos e proporcionam momentos de descontração e, principalmente, de espiritualidade. A Páscoa representa renascimento, então precisamos aproveitar essa época para renascermos”.

 

HSJ realiza ações internas para celebrar o Janeiro Branco

Equipe de GP e líderes da Casa

O setor de Gestão de Pessoas do Hospital São José – Teresópolis, em parceria com o Serviço de Nutrição Dietética (SND), realizou nesta semana, uma ação especial aos colaboradores e aos líderes da Casa em alusão ao Janeiro Branco. Com o tema Não deixe o janeiro passar em branco, a campanha tem como objetivo a reflexão sobre a saúde mental.

Nos últimos dias 21 e 22, os colaboradores foram surpreendidos com um café da manhã especial. A equipe de SND preparou um cardápio saudável e farto para recepcioná-los no refeitório.  O GP fez um breve discurso sobre o movimento, associando a alimentação saudável à qualidade de vida. Em seguida, a Pastoral realizou uma oração com todos os presentes.

Colaboradores se reuniram para oração antes do café da manhã especial

Já as lideranças da Casa receberam da equipe de Gestão de Pessoas um kit sobrevivência com elástico, lápis, bala, borracha, clips e saquinho de chá, além de um texto com as explicações relacionadas aos itens, indispensáveis para o dia a dia e para uma boa saúde da mente.

Kit sobrevivência entregue aos líderes da Casa

Janeiro Branco – A campanha foi criada em 2014 por dois psicólogos de Minas Gerais. O objetivo é conscientizar a população sobre a importância de cuidar da saúde mental, colocando o assunto em evidência e alertando para a prevenção ao adoecimento emocional.

O mês de janeiro é tradicionalmente marcado pela cultura do recomeço, da renovação. Por isso, o movimento é realizado no início do ano, considerando janeiro como uma “página em branco” para ser preenchida com metas que visam o bem-estar.

Hospital São José comemora aniversário de 59 anos

A entrada principal do hospital foi decorada para celebrar a data

No último dia 06, o Hospital São José, em Teresópolis, completou 59 anos. Devido às restrições por conta da pandemia, neste ano a programação limitou-se aos colaboradores, que receberam um bolo durante as refeições no refeitório. No mesmo local, a Pastoral divulgou um vídeo de agradecimento com imagens históricas e atuais para que todos pudessem conhecer a trajetória da instituição, hoje reconhecida como referência em Oncologia no Estado do Rio de Janeiro.

O Diretor executivo do hospital, Sidnei Luis Rugeri, aproveitou a ocasião para agradecer a todos que fazem parte da história do HSJ, em especial aos colaboradores. “Formamos uma equipe empenhada na humanização e dedicada na assistência aos pacientes. Portanto, no aniversário de 59 anos da nossa Casa é importante agradecer a cada um que contribui para a construção da nossa trajetória. O Hospital São José são os nossos colaboradores, que trabalham com carinho e dedicação para a população”.

O Diretor Executivo, Sidnei Luis Rugeri (à direita), comemorou a data ao lado de lideranças da Casa

História

A história do HSJ foi iniciada por Alice Quintella Maurício Regadas e Judite Quintella Maurício de Paula no fim da década de 50, e se fortaleceu com o apoio das Irmãs da Congregação de Santa Catarina.

Hoje, com quase 6 décadas de história, a Casa – uma das unidades assistenciais da Rede Santa Catarina – conta com mais de 700 colaboradores, 400 médicos e 200 prestadores de serviços, que se dedicam a cuidar de vidas com amor.

Sempre tendo como base os valores de cuidado e compromisso com a sociedade, ao longo dos anos a busca constante pela qualidade se solidificou fazendo com que o Hospital São José se tornasse referência em Oncologia no Estado do Rio de Janeiro. Os serviços oferecidos na unidade englobam as especialidades de oncologia clínica, cirúrgica e quimioterapia.  Anualmente são realizados cerca de 28 mil atendimentos, pautados no acolhimento e humanização.

 

 

Hospital São José realiza workshop sobre Navegação de Pacientes

Nos meses de outubro e novembro, em que são celebrados os meses de conscientização e prevenção do câncer em mulheres e homens, respectivamente, o Hospital São José, de Teresópolis, realizou workshops sobre o tema Navegação de pacientes. O evento foi realizado no auditório do Hospital, seguindo todos os protocolos de segurança preconizados pelo Ministério da Saúde, e contou com a presença da Subsecretária de Saúde da cidade e do Vice-prefeito que participaram ativamente da proposta desse trabalho.

Evento contou com participação de profissionais da área de Saúde da região

O conceito de navegação de pacientes foi criado em 1990, pela American Cancer Society, com a missão de reduzir desigualdades para pessoas com câncer de baixa renda. Estudos evidenciaram que comunidades de baixa renda enfrentam barreiras significativas quando precisam buscar diagnóstico e tratamento do câncer. Geralmente são diagnosticadas tardiamente, e, por isso, apresentam baixa taxa de recuperação.

De acordo com o Dr. Carlos Frederico, Mastologista do HSJ, “o objetivo da navegação de pacientes é fornecer auxílio gratuito a pacientes com câncer que são usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) durante todo o processo da doença, desde o diagnóstico e ao longo do tratamento. A ideia é que os navegadores clínicos sejam facilitadores, reduzindo as inúmeras barreiras impostas cotidianamente a esses pacientes e seus familiares”.

Dr. Carlos Frederico, Mastologista do Hospital São José

O evento, que foi comandado pelo mastologista e abordou temas como modelos de navegação de pacientes, câncer de mama no Brasil e no mundo e a importância do navegador de pacientes, trará desdobramentos positivos para a cidade e para região. “Oferecer este tipo de serviço, além de resolver os problemas dos pacientes de forma colaborativa, mostra que estamos nos preocupando com o paciente antes mesmo de ele chegar aqui. O intuito é facilitar o seu acesso ao diagnóstico e ao tratamento no tempo adequado para consequentemente ter um desfecho positivo”, complementa ele.

 

 

Hospital São José realiza procedimento urológico inédito na região serrana

A nova técnica é indicada para diversos distúrbios urológicos, como as incontinências urinária e fecal

A neuromodulação sacral, a mais moderna e abrangente técnica para o controle de distúrbios do assoalho pélvico, como as incontinências urinária e fecal, e a dor pélvica crônica, já pode ser realizada na região serrana. O urologista Renato Gomes Barbosa, junto de sua equipe, realizou o procedimento pela primeira vez esta semana, no Hospital São José, em Teresópolis.

A neuromodulação sacral funciona como uma espécie de marca-passo. Segundo Dr. Renato, “trata-se de um implante de eletrodo na raiz sacral S3 e implante subcutâneo de um pequeno gerador na região glútea. Esse gerador nada mais é do que um marca-passo. Ele vai dando os impulsos, restaurando a comunicação entre a bexiga e o sistema nervoso central, e vice-versa, reativando o seu controle”.

Ainda de acordo com o urologista, “a neuromodulação sacral é uma técnica que funciona muito bem para o tratamento da incontinência urinária por urgência (que pode ser neurogênica ou idiopática), da dor pélvica, da cistite intersticial e de determinados casos de retenção urinária. É também empregada no tratamento de disfunções miccionais em crianças, adolescentes e adultos de ambos os sexos”.

Em toda a região serrana, o Hospital São José é pioneiro na realização deste procedimento, sendo referência no setor de urologia na cidade de Teresópolis. Com uma equipe composta por 5 médicos urologistas, de diferentes especialidades dentro desta área, os pacientes são beneficiados com um atendimento abrangente e completo e diagnósticos mais apurados e precisos. O procedimento da neuromodulação sacral é regulamentado e autorizado pela ANVISA e está disponível, em princípio, para pacientes particulares e conveniados.

 

HSJ comemora 1 ano de gestão do Diretor Executivo

O Diretor comemorou a data ao lado das lideranças da Casa

      No último dia 04, o Diretor Executivo do Hospital São José, em Teresópolis (RJ), Sidnei Luis Rugeri, comemorou 1 ano de gestão. A data foi celebrada com uma singela cerimônia surpresa que aconteceu no auditório da unidade e contou com a participação das lideranças da Casa.

O Diretor foi surpreendido pela homenagem. No telão, vídeo de familiares e fotos relembrando os principais momentos da administração emocionaram a todos os participantes. Em um breve discurso, Sidnei falou sobre o primeiro ano de gestão à frente do HSJ, assim como o envolvimento de toda equipe. “O sentimento é de gratidão pelo acolhimento e por todos os colaboradores que ajudaram nesse período a superar as expectativas iniciais”, afirma.

Na ocasião, o Diretor fez questão de ressaltar que os avanços alcançados em 1 ano são frutos de entrega e dedicação intensa dos gestores, colaboradores e corpo clínico, sendo uma construção coletiva, com participação inclusive dos pacientes.

 

Hospital São José oferecerá exame exclusivo na região serrana e atendimento ambulatorial para pacientes cardiológicos

Com o objetivo de proporcionar aos seus pacientes um atendimento cada vez mais especializado e com alta qualidade técnica, a partir de setembro, o Hospital São José (Teresópolis/RJ) oferecerá o Ecocardiograma de Estresse Farmacológico, um exame de ultrassom do coração, associado ao uso de medicamentos. Este exame possibilita visualizar a contração do coração em repouso e em esforço máximo, semelhante ao atingido durante o exame de esforço realizado em esteira ergométrica.

Durante o procedimento, o paciente é posicionado na cama, são tiradas imagens do coração, enquanto é infundida uma medicação na veia do paciente para aumentar a frequência cardíaca. Nesse momento, é feita a avaliação da contração da musculatura de todo o coração.

Segundo a Dra. Mirna Ribeiro da Fontoura Vilela, chefe do serviço de Cardiologia do HSJ, “é um exame rico em informações, porque possibilita avaliar os riscos de infarto, as válvulas cardíacas, a viabilidade da musculatura cardíaca em pacientes já infartados, e é uma ótima opção para análise cardíaca em pacientes que serão submetidos a cirurgias”.

Dra. Mirna Ribeiro da Fontoura Vilela, responsável pelo serviço de Cardiologia do HSJ

Além da importância para a avaliação diagnóstica, o destaque é que, em toda região serrana, o HSJ será a única instituição hospitalar a oferecer esse tipo de exame, se tornando referência local para o atendimento e tratamento de doenças cardíacas.

Outra novidade, também de grande benefício para os pacientes cardiológicos particulares e de convênio que procurarem a unidade, é a disponibilização do atendimento ambulatorial. Contando com uma equipe de médicos cardiologistas e um arritmólogo (médico especializado no tratamento de arritmias cardíacas), estes pacientes terão à disposição no pronto-atendimento do hospital o tratamento mais qualificado e apropriado para cada caso.

De acordo com o Dr. Bruno Andréa, arritmólogo que integrará a equipe de cardiologia do hospital a partir de setembro, “com o pronto-atendimento especializado, os pacientes que sofrem de arritmia cardíaca, por exemplo, poderão ter melhor acompanhamento e receber um tratamento mais direcionado de um arritmólogo. Cerca de 80% das arritmias cardíacas são totalmente curáveis, por isso, faz toda a diferença ser tratado por um profissional especializado nessa área, que é extremamente complexa e que exige anos de prática, tendo ainda pouco profissionais qualificados”.

Dr. Bruno Andréa, Cardiologista arritmólogo

 

Equipe de Oncologia do HSJ homenageia paciente

O aniversário de Douglas José de Lima, 69 anos, paciente do setor de Oncologia do Hospital São José, Teresópolis, não passou em branco. Na última quinta-feira (06), a equipe de Enfermagem e Apoio resolveu comemorar a data com uma dose extra de alegria. Durante o tratamento, ele ganhou bolo, presente e muito carinho. Sem beijos e abraços por conta do distanciamento social, o afeto e o brilho nos olhos ganharam destaque.

O paciente foi pego de surpresa enquanto fazia a quimioterapia. Além dos parabéns, ele recebeu da equipe um café da manhã especial e um banner referente ao calendário anual do setor de Oncologia, Vencedores 2020, em que o paciente foi o destaque do mês de agosto. A emoção tomou conta do Senhor Douglas, que afirmou: “Eu não esperava essa homenagem tão bonita. Eles são meus anjos da guarda, sou muito grato pelo carinho que essas pessoas têm por mim, desde a recepção, apoio, os enfermeiros, médicos. ”

Sr Douglas e a equipe que o homenageou

O paciente iniciou o tratamento contra o câncer na bexiga em março de 2019. Ele conta com alegria a forma com que foi acolhido pela equipe do HSJ. “Quando comecei as sessões de quimioterapia, estava muito mal, quase não andava. Essa equipe sempre esteve comigo, me dando muito suporte e apoio. Quando tudo acabar, eu os levarei em meu coração por toda a vida.”

O Hospital São José preza pelo tratamento humanizado e conta com uma equipe que cuida de uma forma especial, compreendendo que o bem estar emocional do paciente é tão importante quanto o físico.

O paciente ficou muito emocionado em receber o carinho da equipe